quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Apagão atinge diversos Estados do Nordeste

Um blecaute atingiu, na noite desta quinta-feira (3), várias cidades no Nordeste do país. Até a 1h desta sexta (3), as causas do problema ainda não haviam sido determinadas.

As primeiras informações indicam que, provavelmente, uma linha de transmissão da Chesf (Companhia Hidrelétrica do São Francisco) entre Sobradinho (BA) e Petrolândia (PE) saiu de operação, causando problemas no fornecimento de energia no Nordeste. Três usinas teriam saído de operação: Xingó, Paulo Afonso e Luís Gonzaga.

Há cidades sem luz em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Pernambuco e Piauí. Ainda não há previsão para a volta da luz nestes locais.

Nordeste viveu apagão semelhante em fevereiro do ano passado

Há quase um ano, no dia 10 de fevereiro de 2009, a região Nordeste também ficou às escuras durante cerca de 30 minutos. Na ocasião, a Chesf informou que a interrupção no fornecimento de energia elétrica para nove Estados (Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão) foi causada por um problema nas linhas de transmissão que cortam as regiões Norte e Sudeste.

Outro apagão recente foi testemunhado pela população de 18 Estados do país em novembro de 2009, quando três linhas de transmissão da usina hidrelétrica de Itaipu, no Paraná, foram desligadas e interromperam o fornecimento. Condições meteorológicas, segundo as autoridades na época, ocasionaram o problema.

Um comentário:

Notícia em Verso disse...

No Nordeste foram cinco horas de breu total
Quase toda a região, 8 estados, afetada no geral
Tudo parado, aeroporto, sinal de trânsito...
Em alguns pontos, medo de assalto, pânico

O primeiro problema do tipo da nova presidente
Que já foi ministra e nessa cadeira esteve presente
Portanto, se conhecimento de causa tem sobrando
Que faça jus a experiência com sistema funcionando

O atual dono do cargo ainda está em aprendizado
Questionado, minimizou o problema: estava errado
Disse ter havido apenas uma "temporária interrupção"
Edison Lobão, lamento, até seu nome rima com “apagão”

Sem luz, hospitais pararam de funcionar
Aeronaves no chão: não puderam decolar
Até no abastecimento de água interferiu
Um quinto do território o problema atingiu

Só que o governo sequer reconheceu a questão
Ficamos no escuro, porém não perdemos a visão
Se o sistema é bom, mas tem fragilidades a consertar
Que se iluminem as mentes de quem possa solucionar

http://noticiaemverso.com
twitter: @noticiaemverso