terça-feira, 25 de agosto de 2009

Secretaria realiza terceira etapa da campanha contra o Glaucoma


Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, somente nesta terceira etapa da campanha, foram atendidas cerca de 150 pessoas.

A Prefeitura de Caraúbas está intensificando as ações que visam combater o Glaucoma entre os habitantes do município. Nesta terça-feira, 25, a Secretaria Municipal de Saúde realizou, no Centro de Saúde Dr. João Marinaldo de Holanda, a terceira etapa contra a doença. As consultas, que são oferecidas de forma gratuita, são desenvolvidas em parceria com Hospital Geral de Oftalmologia (HGO) de Mossoró.
Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, somente nesta terceira etapa da campanha, foram atendidas cerca de 150 pessoas. O número segue a tendência das consultas anteriores, uma vez que nas duas outras fases da campanha um total de aproximadamente 300 cidadãos caraubenses.
O Glaucoma, que é uma doença que age de forma silenciosa e pode afetar o nervo óptico e causar cegueira, ocorre quando há o aumento da pressão dentro do olho. O maior agravante do Glaucoma é que, na grande maioria dos casos, ele progride lentamente sem que o paciente se dê conta da perda gradual da visão lateral.
Em Caraúbas, os pacientes estão sendo analisados por profissionais qualificados. Caso seja constatado que o paciente possui a doença ou tem alguma possibilidade de adquiri-la, a Administração passa a realizar um acompanhamento, auxiliando na medicação. Havendo a necessidade de cirurgia, a própria secretaria o encaminha para Mossoró, e oferece total apoio.
Para o prefeito Ademar Ferreira (PSB), “esse tipo de atendimento será sempre realizado em nossa cidade, pois visa melhorar a saúde de nossa população. Cuidar do povo é um de nossos compromissos e oferecendo mais saúde a gente cumpre essa nossa meta”.

Um comentário:

ariva disse...

Prezado colega,

Gostaria de contar com a vossa colaboração divulgando o trabalho da Legião da Boa Vontade - LBV, neste conceituado Site.

Aguardo retorno, para envio das informações.

Arivaldo Oliveira
arivaldoo@gmail.com